Strawberry Land: Curiosidades do cérebro humano

25 de janeiro de 2015

Curiosidades do cérebro humano


1- O Cérebro não sente dor.
Por não ter receptores para isso, o cérebro não sente dor. É por isso que neurocirurgias podem ser feitas enquanto o paciente está acordado. (As dores de cabeça são sentidas por receptores de dor na própria cabeça, não no cérebro).

2-O cérebro é dividido em três partes. A parte superior controla os pensamentos, a coordenação motora, as emoções e a fome. Já a parte mediana controla a audição, reflexos de visão e a consciência. Por sua vez, a parte inferior coordena a análise dos sentidos.

3- O cérebro dos homens é maior do que o das mulheres.
Embora a diferença seja de apenas 10%, o cérebro dos homens é maior do que o das mulheres. O cérebro feminino possui mais células nervosas do que o masculino. Além disso, ele prioriza as emoções, enquanto o masculino prioriza a lógica.

4- O cérebro é mais ativo enquanto o homem dorme.
O cérebro processa intensamente as informações coletadas durante o dia enquanto você dorme. Alguns pesquisadores acreditam que esse fenômeno é responsável pelos sonhos. Tirar um cochilo durante o dia pode ajuda a ter mais disposição e foco para trabalhar.

5- É possível manipular sonhos.
Apesar de parecer apenas o roteiro de um filme de ficção, como "A origem", a manipulação de sonhos é possível. O termo Sonho Lúcido, que descreve o fenômeno, foi criado na década de 1880 pelo psiquiatra alemão Frederik Willem van Eeden. Mas esse tipo de sonho só ganhou força quase um século depois, na década de 1960.

6- Não se sabe por qual motivo o homem dá risada.
O riso é um fenômeno exclusivamente humano, que começa aos 4 meses de idade. A risada é algo contagioso e difícil de fingir. Até hoje, os cientistas não descobriram o que desencadeia o riso em certas situações ou o que leva alguns a acharem graça em uma mesma piada.

7- O QI mais alto do mundo é de 210.
O coreano Kim Ung-yong é o homem que tem o QI mais alto do mundo. Aos seis meses de idade, já começou a falar. Aos oito meses, entendia álgebra. Começou a frequentar o curso de física na Universidade de Hanyang aos 4 anos. Quando se formou, foi convidado pela Nasa para continuar seus estudos nos EUA.

8- O cérebro é dividido em dois hemisférios. Enquanto o esquerdo controla os pensamentos analíticos, o direito coordena os pensamentos criativos.

9- A ideia de que humanos usam apenas 10% do cérebro é mito. Toda parte do cérebro tem uma função e trabalha o tempo todo.

10- O cérebro possui 160.000 quilômetros de veias sanguíneas. Isso é o suficiente para dar a volta na Terra quatro vezes. Além disso, ele tem 100 bilhões de neurônios, as células conhecidas como a massa cinzenta que processa a informação.

11- Aprender uma segunda língua antes dos 5 anos pode mudar o desenvolvimento do cérebro para o resto da vida. As crianças adquirem a capacidade de desenvolver mais massa cinzenta quando alcançam a idade adulta.

12- O recorde de memorização é de Bren Pridmore. Ele gravou a sequência de um baralho inteiro em 26 segundos.

13- Os alimentos interferem no funcionamento do cérebro. Pessoas que ingerem comidas sem conservantes ou artificias tem um QI 14% maior.

14- 20% do oxigênio que inalamos é usado pelo cérebro.

15- A afirmação de que homens são racionais e mulheres são emocionais é verdadeira. Isso acontece porque as mulheres tem uma maior parte do sistema límbico, que controla as emoções. Porém, os homens tem uma porção maior da parte inferior, responsável por controlar as habilidades de cálculos.

16- O cérebro de Einstein foi preservado para estudos científicos. Ele foi dividido em 240 pedaços com o objetivo de melhorar a visualização.

17- Os homens conseguem processar primeiro a informação do lado esquerdo. Por sua vez, as mulheres fazem essa tarefa com os dois lados do cérebro simultaneamente.

18-Quando o cérebro sofre algum dano acidental, podem acontecer síndromes que levam o ser humano a ouvir grandes explosões, pensar que tem mais membros do que realmente tem e ficar incapaz de mover os membros quando acorda. Isso acontece porque o cérebro ainda está em repouso.