Strawberry Land: Plantas não crescem perto de roteadores Wi-Fi

16 de novembro de 2013

Plantas não crescem perto de roteadores Wi-Fi


Estudantes da Dinamarca resolveram realizar experimento após perceberam que não conseguiam se concentrar nas aulas quando dormiam com o celular próximo.Cinco estudantes da escola Hjallerup, na Dinamarca, descobriram que plantas não crescem perto de roteadores Wi-Fi.A ideia de fazer o experimento surgiu quando as garotas perceberam que, ao dormir com o celular próximo de suas cabeças, não conseguiam se concentrar nas aulas no dia seguinte.


O grupo decidiu, então, testar o efeito da radiação de celulares no cérebro humano. Mas como as garotas não tinham acesso à estrutura necessária para fazer um estudo dessa magnitude testaram o efeito da radiação em uma planta.


As estudantes prepararam bandejas com sementes de um tipo de agrião. Seis recipientes foram colocados em uma sala sem radiação. O restante ficou próximo a dois roteadores. De acordo com os cálculos das alunas, o roteador emitia o mesmo tipo de radiação de um celular comum.As plantas foram analisadas durante 12 dias. No fim do período, a equipe observou que boa parte das plantas estavam mortas ou não haviam crescido. Enquanto na sala sem radiação as sementes de agrião germinaram.

Mas para que o efeito do roteador sobre as plantas seja comprovado, o experimento precisa ser replicado por algum cientista. Um professor de neurociência do Instituto Karolinska, na Suécia, tentará refazer o teste para comprovar os resultados.