Strawberry Land: A ciência explica o porque pessoas não gostam de escutar a própria voz

4 de setembro de 2013

A ciência explica o porque pessoas não gostam de escutar a própria voz


Se você é daqueles que morrem de vergonha quando ouve a própria voz em algum vídeo de família e fica se perguntando se é isso mesmo que as pessoas por perto escutam quando você fala, fique calmo. Você não é o único. Quase todo mundo odeia ouvir a própria voz gravada. O lado bom é que existe uma resposta para isso.

O som pode chegar aos nossos ouvidos de duas maneiras diferentes: conduzido pelo ar ou pelos ossos. Na condução pelos ossos, a transmissão do som vai das nossas cordas vocais para a cóclea, estrutura em forma que caracol, localizada nas profundezas de nosso ouvido e responsável pela captação do som.

A frequência desses sons enviados por nossas cordas vocais é diminuída ao longo do caminho e é por isso que nossa voz, quando gravada, nos parece mais aguda, porque a ouvimos com a frequência de sons normais, pois são enviados pelo ar.

O otorrinolaringologista Chris Chang, de Virgínia, EUA, explica que quando ouvimos nossa voz gravada o processo de recepção do som não tem mais a ver com a cóclea, mas com o ar. A voz que ouvimos gravada é a voz que todas as outras pessoas ouvem.