Strawberry Land: Você sabia que o microondas foi invetado por acaso?

21 de março de 2013

Você sabia que o microondas foi invetado por acaso?



Você sabia que o forno de micro-ondas foi inventado totalmente por acaso por um norte-americano que não chegou nem a terminar a escola primária? De acordo com o site Today I Found Out, esse popular dispositivo foi criado por Percy Spencer na década de 40, e o primeiro modelo a ser comercializado media dois metros de altura, pesava 340 quilos e era comercializado pela bagatela de US$ 5 mil (cerca de R$ 10 mil)!

Spencer teve uma trajetória profissional incrível, apesar de ter tido uma infância bastante difícil. O inventor começou a trabalhar aos 12 anos de idade, e aos 16 começou a se interessar por eletrônica. Autodidata, Spencer logo foi contratado para trabalhar com a instalação de redes elétricas e, quando cumpriu os 18 anos, decidiu se alistar na Marinha dos EUA para aprender mais sobre comunicações via rádio.

Durante o período em que permaneceu a serviço na marinha, além de se tornar um perito em rádio e suas diversas tecnologias, Spencer também aprendeu sozinho disciplinas como cálculo, trigonometria, física e metalurgia, entre outros temas. Depois de alguns anos e por iniciativa própria, o inventor acabou se tornado um especialista na produção de radares.

Certo dia, enquanto Spencer trabalhava na construção de magnetrons — um tipo de válvula eletrônica — para radares, ele percebeu que, ao estar de pé próximo a um desses dispositivos ativos, uma barra de chocolate que ele tinha no bolso havia derretido. Embora ele não tenha sido a primeira pessoa a perceber esse efeito nas proximidades dos radares, Spencer foi o primeiro a investigar o fenômeno, realizando experimentos com outros tipos de alimentos.

Spencer e sua equipe começaram os testes com milho, criando sem querer — de novo! — a primeira pipoca de micro-ondas. Depois de diversos experimentos com os radares, o inventor decidiu criar uma caixa de metal ligada a gerador capaz de produzir um campo eletromagnético de alta densidade.

Em um primeiro momento, a intenção foi a de criar um dispositivo mais seguro para a realização de testes em um espaço controlado, mas o sucesso nos resultados acabou levando a companhia para a qual Spencer trabalhava — a Raytheon, de equipamentos militares e aeroespaciais — a registrar uma patente para o forno de micro-ondas.

Mais curiosidades sobre o micro-ondas

  • Ao contrário do que muita gente acredita, os fornos de micro-ondas não cozinham os alimentos de dentro para fora. Na verdade, eles aquecem de fora para dentro, da mesma forma que os fornos convencionais; 
  • Os aparelhos só se tornaram populares na década de 70 — quando foi iniciada a produção de fornos menores e mais acessíveis —, e até então eles eram conhecidos como “fornos eletrônicos”; 
  • O tipo de radiação emitida pelo forno de micro-ondas, ao contrário do que se pensa, não aumenta o risco de que uma pessoa desenvolva o câncer; 
  • Percy Spencer, apesar de viver imerso em intensas micro-ondas por grande parte de sua vida, morreu aos 76 anos de idade de causas naturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário