Strawberry Land: O que são aquelas fumaças que saem dos bueiros em NY?

17 de janeiro de 2016

O que são aquelas fumaças que saem dos bueiros em NY?


Vapor. Está é a resposta para a composição da fumacinha tão famosa que sai de bueiros e chaminés laranjas espalhados pelas ruas de Nova York (EUA) e também em outras cidades americanas. Este vapor pertence a um sistema de calefação que é oferecido como se fosse um serviço de água ou energia elétrica, fornecendo aquecimento para casas e empresas nos períodos de frio rigoroso.


O importante a saber é que esta fumacinha é inofensiva, não tem produtos químicos e não faz mal a saúde. Ao contrário do que muitos pensam, a fumaça nada tem a ver com fogo ou reação química, mas simplesmente vapor de água quente. Ela pode aparecer nos bueiros e bocas de lobo por conta de vazamentos nas tubulações de vapor, mas também pelo simples contato da água com os tubos quentes nas galerias onde os canos são instalados.

Por que isso? Bom, a cidade de Nova York possui uma ampla central de aquecimento que faz com que prédios, casas e estabelecimentos comerciais se mantenham aquecidos em períodos do rigoroso inverno, que pode chegar com temperaturas de até -5ºC. O funcionamento desse sistema é a base de água aquecida e é utilizada em Nova York desde 1880, criada por Thomas Alva Edison (também inventor da lâmpada).Muitas vezes vemos a fumaça (ou vapor) saindo dos bueiros também. A fumaça é apenas vapor de água, não tem cheiro ou nenhum produto químico.

Por serem muito antigas, as tubulações desse sistema de calefação apresentam rachaduras e vazamento com frequência e por conta disso a prefeitura coloca essas grandes chaminés nas ruas para que o vapor saia do subsolo.Elas são utilizadas como válvulas de escape para garantir a segurança e a pressão do sistema. Em Nova York, a empresa responsável pelo serviço gera o vapor aquecendo água por combustão de gás natural em grandes centrais. No passado eram usadas caldeiras a carvão. Este vapor é então pressurizado e canalizado em mais de 168km de dutos espalhados pela cidade, que fornecem o serviço para milhares de residências e prédios.

Nos locais atendidos pelo sistema, medidores são instalados para registrar o consumo e gerar uma cobrança pelo serviço, que é feito em libras de vapor - uma medida de peso no sistema métrico imperial equivalente a quilos de vapor. O custo do serviço na cidade de Nova York para os clientes residenciais varia, podendo ir de US$ 15 a US$ 36 (entre R$ 60 e R$ 145, aproximadamente) conforme o pacote de consumo contratado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário